Fotografia Cega

O fotógrafo que vê além do que os olhos enxergam, João Maia nasceu em Bom Jesus do Piauí, em 1974. Licenciado em História, fundador da Fotografia Cega, passou a dá palestras e oficinas de fotografia cegas, também participa de talkshows e dar entrevistas em diversos programas de televisão e rádio. Participou de exposições coletivas e individual, exposição fotográfica na cidade de Yokohama no Japão, ano 2019.
o único fotógrafo brasileiro com deficiência visual a cobrir os Jogos paralímpicos Rio 2016, chamou a atenção do mundo. Sua história foi pauta de interesse para mais de 30 veículos da imprensa estrangeira, que estavam na cobertura dos Jogos.
Conheça meu site, Fotografia Cega

Olá pessoal. O João Maia, idealizador do projeto Fotografia Cega, foi o primeiro fotógrafo deficiente visual brasileiro a cobrir os Jogos Paraolímpicos no Rio de Janeiro. Agora ele está buscando verbas para fazer a cobertura fotográfica dos jogos paraolímpicos de Tokio 2021. Ele já conseguiu a credencial e precisa de recursos para custear as passagens e a hospedagem. Para isso, ele está vendendo suas camisas personalizadas e também está com uma campanha de financiamento coletivo.
Se puder colaborar, vamos unir forças com ele! Se não puder, compartilhe com seus contatos e vamos fortalecer esta corrente!
Clique aqui para acessar o link da vaquinha

Para comprar a camisa entre em contato nas redes sociais: @fotografiacega ou pelo Whatsapp (11) 982564769